domingo, 20 de novembro de 2016

Pesca e segurança: A importância do alicate de bico

Dicas de pesca - Por que as roupas de pesca são tão importantes?

Com fazer um aquecimento pré-pescaria

Fio de telefone ajuda a prender o remo na pesca com caiaque

Dica de segurança: a vara de pesca pode causar grave acidente

Imprudência e Imperícia: coisas que nenhum pescador pode cometer

Dica de pesca - Por que usar óculos polarizados na pescaria?

terça-feira, 1 de março de 2016

                                         PREVENÇÃO É A MELHOR OPÇÃO


              Marcos A Souza
     Técnico em Segurança do Trabalho e Turismo







     
      Qual o a importância você dá ao item Segurança ao planejar sua pescaria dos sonhos?

      Afinal de contas foram muitos meses ou até anos de economizando e comprando equipamentos para a realização deste sonho.
      É claro que achamos que nada de ruim irá acontecer pois estamos preocupados apenas com a diversão, desde modo esquecemos de coisas básicas como verificar se a empresa que contratamos para nos levar a aventura  de pesca tem uma estrutura básica para nos atender ou nos socorrer caso aconteça algo inesperado.
      Mas não devemos confiar ou deixar estes cuidados com a nossa segurança somente com os outros, temos que tomar algumas providências que garantam o minimo de segurança para nós mesmos e para o grupo se possível.
      Devemos ter em mente que os dois principais fatores de que podem levar a um acidente é a Imprudência e a Imperícia:

Imprudência é quando você ciente que algo é perigoso seja ele um ato ou equipamento, e se arrisca fazer ou usar e tem certeza que pode se ferir ou a outros.
Imperícia é fazer algo ou utilizar equipamentos que não conhece ou saiba como como usar colocando sua vida em risco ou de outros.

      Vemos muito isso quando pescadores navegam sem coletes Salva-Vidas, pilotam embarcações velozes em locais que não conhecem e podem a vir se chocar com galhadas e pedras nos rios e mares vindo a naufragar.
       Não usam boné, luvas, alicates e óculos polarizados ao pescarem com iscas artificiais sendo que estes podem impedir acidentes graves com anzóis, garatéias e ferrões de peixes.
        Se expõem aos raios nocivos do sol sem usarem protetor, camisas calças próprias para este fim, bonés, chapéus, óculos polarizados e os mais recentes buffs (cones de tecidos que protegem o rosto e a cabeça).
        Pescadores que se arriscam pescando durante tempestades com descargas, não se atentando que seus barcos na maioria das vezes são fabricados em alumínio e que no meio de uma represa ou em alto mar podem ser alvos fáceis e raios.
        Deste mesmo modo pode acontecer com quem utiliza varas de grafite e fibra de carbono excelentes condutores de energia, e que alguns fabricantes alertam seus consumidores através de um pequeno adesivo no blank próximo ao cabo que esta não deve ser utilizada em caso de tempestade com descargas elétricas ou seja raios. Poucos se atentam a este aviso pois está em inglês.
        Voltando a pescaria dos sonhos fiquem atentos as normas de segurança e questione sobre coisas básicas a seu agente de viagem se a estrutura seja ela pousada, hotel, acampamento ou barco hotel, possui coletes Salva-Vidas para todos, funcionários preparados para efetuar primeiros socorros  e kits básicos para este fim. Pois na maioria das vezes não existe hospitais próximos desta estruturas.
         
         Fiquem atentos a sua segurança pois a final de contas o que você quer é se divertir e capturar grandes peixes e viver grandes emoções não se arriscar e se acidentar voltando mais cedo para casa e frustado.

            E lembre-se "Prevenção é Sempre a Melhor Opção"



segunda-feira, 23 de junho de 2014


“PORQUINHO NO CAIAQUE”

 

 

Texto e fotos. Marcos A. Souza





 

 

Diversão e ação garantida a é a pesca do porquinho a bordo de um caiaque na região de Ilha Solteira interior de São Paulo.

Sou um viciado em pesca de tucunaré com iscas artificiais e a quatro anos adquiri um caiaque para ir mais longe na captura destes bocudos, porém não é todo dia que eles estão ativos e o que fazer quando isso acontece?  Uma ótima opção é pescar o porquinho esse peixinho brigador é encontrado nos fundos de grotas próximos a vegetação, nos espraiados barrancos sem vegetação aquática com fundo de areia, terra ou pedras, junto as galhadas ou troncos no fundo.
 
 
 
 

A profundidade onde este são encontrados é difícil de determinar pois já os capturei na margem com 30cm e pescando corvinas a mais de 30 metros, nestes vários anos que tive o prazer de pescar este brigador pude constatar que os maiores exemplares estão quase sempre no fundo. Portanto sempre inicio minha pescaria procurando o tronco que esteja o mais longe da margem possível, caso não tenha ação nenhuma neste venho soltando minha linha em direção da margem até sentir a primeira puxada neste local solto uma pequena poita sem ganchos (pois não é muito seguro usar poitas com gancho na pesca com caiaque porque se você precisar se soltar sair do local com uma certa urgência este tipo de poita irá dificultar sua saída em caso de vento forte com grandes marolas pode vir a causar um acidente e até virar o caiaque).
 

Identificado a profundidade que os porquinhos estão comendo solte sua isca que pode ser minhocas ou camarões de água doce vivos, eu prefiro este último pois na minha opinião é mais produtivo e pode lhe dar a grata surpresa de fisgar tucunarés, corvinas, tilápias e diversos outros peixes, uma boa dica é deixar a linha sempre esticada, pois quando o porquinho não ataca a isca na descida ele fica mamando a mesma bem de leve, com a linha esticada dá para sentir ele levando a isca daí é só fisgar e partir para briga.
 
 

Também levanto a chumbada levemente do fundo umas duas ou três vezes, deste modo posso sentir caso o porquinho ou outro peie esteja com minha isca na boca ou apena esperando que a mesma se mova para ataca-la (a maioria dos tucunarés que capturei  durante estas pescarias foram deste modo.

Isto é outra coisa legal desta pescaria ter a oportunidade de fisgar uns tucunas de vez em quando, pois quando encontramos os porquinhos próximos as galhadas e troncos que é a “casa” dos bocudos eles não negam sua natureza predadora e atacam qualquer coisa que invada seus domínios, deixando a pescaria de porquinho mais emocionante.
 

Pescar porquinhos em um caiaque ou barco convencional, é uma grande aventura que vale apena ser experimentada e principalmente se compartilhada com sua família e amigos, é uma pescaria simples como as que realizávamos quando criança com nossos pais e avós sem as vezes sem grandes peixes mas na companhia de grandes amigos.       

Os equipamentos mais usados são; varas de bambu ou telescópicas medindo entre 2,5 a 3,5 mts para pesca no barranco, sendo que a melhor montagem é a seguinte: linha de 0,25 a 0,30 mm do tamanho da vara faz-se um chicote de + ou – 7 cm de comprimento onde será colocado um anzol nº 8 e logo abaixo uns 9 cm um chumbo de 0,5 gr.  Pode se usar um conjunto micro, sempre obedecendo às medidas já citadas.

Na pesca embarcada ou de caiaque, pode-se usar varas telescópicas caso opte por locais mais rasos até 3 mts, conjuntos de carretilhas e molinete para profundidades acima de 3 mts, eu particularmente uso o mesmo equipamento da pesca de tucunaré apenas levo vários chicotes montados na caixa de pesca e simplesmente engato no snap, não recomendo o uso do conjunto micro pois como já citei pode entrar um grande tucunaré e arrebentar sua linha.

O caiaque é uma opção bem em conta para quem não tem condições de ter uma embarcação de alumínio ou fibra com motorização, eu realizo minhas pescarias em um caiaque que possui uma excelente estabilidade tanto na pesca como na navegação proporcionando grande segurança ao pescador, também permite levar toda sua tralha de pesca pois sua capacidade de carga é de 190 kg, porém deve-se considerar seu peso corporal e não sobrecarregar o mesmo.

Este caiaque também possui vários acessórios que tornam a pesca mais confortável e prática como; cadeira estofada, caixa seca na proa para acondicionar celular e câmera digital e outros objetos que devem ficar secos, dois portas treco nas laterais que servem como porta iscas também, dois porta-varas nas laterais e um grande bagageiro com cordas elásticas na popa.

Agora quem não possui embarcação também pode se divertir pescando porquinhos no barranco, porém a incidência de bons exemplares será menor que embarcada os equipamentos serão os mesmos já citados o que aconselho é que nesta condição de pesca procure por locais com pouco ou nenhuma presença de algas no fundo pois sua isca pode se enroscar e fica difícil sentir a puxada do peixe que pode as vezes ser muito sutil.

 

Dica:

 

Caso opte por pescar com camarões que eu recomendo, capture ou adquira os mesmos e mantenha os vivos durante a pescaria. Uma ótima alternativa para isso é adquirir um pequeno saco de peixes desses feitos de tela bem fininha, no barco de alumínio coloque este dentro do viveiro e no caiaque prenda na lateral e mantenha sempre dentro d’água.


Materiais:

Caiaque Hunter Fishing www.stamfishing.com.br
Acessórios  www.stamfishing.com.br
vestuário www.kingbrasil.com.br                  

 

sábado, 19 de janeiro de 2013

PESCA COM CAIAQUE NA PESCA & COMPANHIA


                                 Em dezembro de 2012 tive privilégio estar presente nas páginas da renomada revista Pesca & Companhia e lá falar um pouco sobre minha primeira embarção e sobre a fascinante pesca com caiaque.
                                 Contei um pouco sobre esta nova e emocionante modalidade de pesca que vem crescendo no mundo todo e que aos poucos tem seduzido os pescadores brasileiros que gostam não só da pesca mas também da aventura. 

Agradeço ao amigo Alex Koike editor da Pesca & Companhia por esta grande oportunidade. 






   Marcosfisherman pesca com caiaques Brudden


                               




segunda-feira, 6 de junho de 2011

ESCOLHENDO BEM , PESCANDO BEM

Pacotes de Pesca


Texto:
Marcos A Souza



Para se realizar uma boa pescaria é preciso um cuidado especial na hora de escolher os equipamentos que serão utilizados, os quais deverão ser específicos para cada modalidade e espécies de peixes a serem pescadas.
Isto para que a decepção e a frustração não tomem o lugar da diversão e da emoção.
Este mesmo cuidado deve ser tomado também ao escolher um pacote de pesca, seja este próximo ou distante de sua residência. É importante que este pacote tenha tudo aquilo que você esteja procurando.
O profissionalismo deve ser priorizado, portanto procure uma agência que seja realmente especializada neste seguimento, e que tenha profissionais que conheçam bem os locais onde você deseja realizar sua pescaria.
Isto é importante porque o agente poderá lhe dar ótimas referencias do local, isso lhe dará mais segurança na hora de adquirir o pacote da pescaria dos seus sonhos.
Quando se pretende ficar em contato direto com a natureza, como é o caso do turismo de pesca esportiva, itens como; segurança e conforto devem ser observados cuidadosamente.
Portanto de preferência as agencias que dão prioridade a estes itens, informe-se sobre os meios de transporte e hospedagem do local, limpeza e higiene são importantes em todas as dependências por mais simples que sejam principalmente na cozinha uma simples dor de estômago causada por alimentos mal conservados, pode se tornar muito grave quando alguém se encontra no meio da selva amazônica e a milhares de quilômetros de um hospital.
Profissionais especializados e com bom conhecimento da região, e utilização dos equipamentos de pesca (barcos, motores elétricos, GPS (se for em mar aberto), carretilhas, molinetes, iscas artificias), isso no caso de você não ter muita intimidade com os mesmos.
Verificar se todas as embarcações possuem coletes salva-vidas e bóias secas, sendo os coletes compatíveis com o peso dos pescadores, estes também devem estar em bom estado de conservação sem furos ou rasgados e com seus apitos fixados nos mesmos. Observe também a embarcação esta não deve, mas se apresentar algum vazamento não deve ser excessivo ao ponto do guia ter que esgotar várias vezes durante a pescaria, caso isso aconteça peça a substituição da desta, pois além do incomodo de ter seus equipamentos de pesca molhados esta embarcação pode vir a naufragar causando danos ainda maiores, portanto dê prioridade à segurança.
Solicitem ao seu agente quais são, e os valores das despesas extras tipo; gasolina, iscas vivas, bebidas (peça isso por escrito), pergunte qual quantidade média de gasolina e iscas vivas se gasta por dia de pescaria, assim você terá noção do quanto vai gastar além do valor do pacote.
Se você é praticante do pesque e solte e o local escolhido para sua pescaria não adota esse sistema, verifique se haverá algum desconto no pacote, pois a agência não terá despesas com armazenamento e transporte do seu pescado, podendo isentá-lo disto ou se possível este valor ser abatido de seu pacote.
Veja se a empresa lhe fornecerá um seguro de viagem, ou você terá que fazê-lo a parte e quanto isso lhe custará a mais.
Lembre-se que o seguro protege não só você, mas também as suas bagagens verifiquem isso com calma para não se arrepender depois.
Pergunte se a saída para viagem será de sua cidade, caso tenha você tenha que se deslocar até outro local para fazê-lo, e se estas despesas ficaram por sua conta ou a agencia irá se responsabilizar pelas mesmas se possível, quanto isto custará.
Esta pescaria será a realização de um sonho, e se você não se preocupar com esses detalhes antes de fechar o pacote, o mesmo pode se tornar um pesadelo muito caro.
Na área de turismo costuma-se dizer que um turista satisfeito comenta com mais dez, e o insatisfeito com mais cem.
Então se você pretende adquirir seu primeiro pacote de pesca, e não tem noção de como e onde faze-lo, procure saber de quem já os adquiriu e peça referencia de algumas agencias, e se você não conhecer ninguém que os tenha feito.
Faça uma lista com pelo menos dez agencias conhecidas visite-as ou peça que lhe passem estas informações que acabei de passar.
As que lhe fornecerem mais detalhes ou entrarem em contato para lhe esclarecem mais dúvidas deverão ter sua atenção.
Mas fique despreocupado, pois existem varias agências sérias especializadas no segmento de pesca esportiva em nosso país, e que prestam excelentes serviços, estas possuem ótimos roteiros para que você pescador possa realizar sua pescaria em várias regiões do Brasil e até no exterior.
O pescador terá a sua disposição uma grande variedade de estruturas de hospedagem como Pousadas, Hotéis Fazenda e Barcos Hotéis, todos esses contam com excelentes equipamentos; como barcos seguros e confortáveis preparados para atender as necessidades dos pescadores. Além disso, o pescador terá a sua disposição empresários e profissionais com vasto conhecimento e preparados para atendê-lo dentro deste segmento.
O valor dos pacotes depende da distância e das condições de pesca, quanto mais e longe e inexplorada (menos pescada) a região, mas também o pescador terá certeza de se confrontar com grandes peixes de várias espécies, e em quantidades que ele nunca sonhou em capturar em um só dia. Bastando para isso escolher a época certa de cada região de pesca.
Bom agora é só decidir que peixe irá pescar, onde, como e procurar a agência que irá levá-lo da melhor maneira nesta aventura.
Aproveite o máximo de sua aventura de pesca, faça novos amigos e adquira novos conhecimentos com eles e repasse os que você sabe, observe a natureza e tudo de maravilhoso que ela tem a nos oferecer para que você tenha mais motivos para preservá-la e tire muitas fotos para mostrar e provar para os que ficaram que você não é um pescador mentiroso.


Boa pescaria.



Dicas:

Uma das preocupações de quem vai participar pela primeira vez de uma excursão de pesca fora de sua região, é que tipo de equipamentos deve usar?
Nestas horas é bom que o pescador procure saber na agencia quais os equipamentos mais indicados para os peixes que ele irá encontrar nos locais de pesca.
É importante saber: tamanho e libragem das varas, carretilhas e molinetes mais indicados, linhas mais usadas e seus diâmetros, anzóis quantidade mínima e tamanha, chumbada com seus respectivos pesos, modelos, tamanhos e quantidade mínima.
Isto tudo especifico para cada peixe, veja também se haverá limite de carga, pois alguns pacotes contam com deslocamentos em pequenos aviões os quais não podem transportar muita carga devendo o pescador levar estritamente o necessário.
Verifique se sua carteira de vacinação está em dia, e caso não procure se imunizar antes da viagem. Sua licença de pesca também deve estar dentro do ano vigente, caso esteja para vencer renove-a.
Faça uma pequena caixa de primeiros socorros contendo, analgésico, antitérmico, curativos e os demais remédios que você costuma tomar. No caso de você fazer uso de medicamentos controlados, informe isto aos guias no local de pesca para que caso você esqueça ou precise usá-lo com urgência.
Use roupas leves e que permitam a transpiração, protetor solar deve estar sempre à mão e deve ser repassado a cada duas horas, o uso de óculos polarizados também é recomendado tanto para proteção solar quanto para evitar acidentes mais graves com iscas artificiais e anzóis caso venham a acontecer.
Muito cuidado ao tirar e manusear os peixes com anzóis e iscas artificiais, tenha sempre a mão um alicate para imobilizar (boga grip) o peixe pela boca e outro para retirada de anzol.
Se for fotografar ou filmar os peixes com iscas artificiais e anzóis ainda presa a boca dos mesmos, use sempre o alicate imobilizador, tenha cuidado redobrado com peixes de dentes afiados e pontiagudos e que tenham ferrões como os bagres.
Mantenha-se sempre hidratado com água potável, mineral ou suco natural, se for consumir qualquer tipo de bebida alcoólica durante a pescaria que seja com moderação, para não acabar mais cedo com a sua pescaria e de seu parceiro.
Por último não dispense o uso do colete salva-vidas durante a navegação de ida e volta aos pontos de pesca, afinal de contas você quer se divertir, mas que seja com segurança e prudência.



Agências & Consultoria

http://www.fishingbusiness.com.br
www.nascimento.com.br
http://www.coobrastur.com.br/
http://www.pescaventura.com.br/

domingo, 17 de abril de 2011

TURISMO NÁUTICO I

     Imagine morar próximo a grandes rios e represas muita natureza bem próximo de sua casa, que privilégio seria.
     Bem eu tenho este privilégio pois moro em uma região onde se encontram grandes rios como o Paraná, Tietê, São José dos Dourados e  Rio Grande entre outros isso sem falar de seus inúmeros afluentes, nestes rios estão algumas das mais importantes usinas Hidrelétricas de nosso país.
    Entre estas estão Ilha Solteira, Três Irmãos e Jupiá, todas com imensas represas, onde se encontram excelentes estruturas para prática de várias modalidades de esportes náuticos e pesca esportiva.
    Nas margens destas estão centenas de municípios que podem explorar o turismo em seus mais variados segmentos além dos já mencionados, porém isto ainda não é feito visando a preservação e o uso sustentável destes recursos naturais. não necessidade de grandes empreendimentos ou investimento faraónicos.
   Coisas simples como um passeio de barco seja este a motor ou a vela, como se fosse mini cruzeiros onde a contemplação da natureza já seria algo maravilhoso para quem vive nas grandes cidade e não tem o contato direto com este tipo de ambiente. 
   Isto é possível desde que o respeito pela natureza seja algo prioritário para aqueles que irão explorar este segmento do turismo, podem usar isto como forma de conscientizar os turistas e a própria comunidade da importância destes recursos e de como os mesmos podem trazer benefícios para o mundo e suas comunidades.
   E foi pensando nisso que irei começar  um projeto onde irei sozinho ou com ajuda de empresários do segmento de turismo, pesca e náutica a divulgação e popularização dos esportes náuticos e da pesca esportiva nos rios e represas primeiro de minha região e também das várias outras que quiserem se unir a mim neste projeto.
   Vamos começar por algo simples um equipamento fácil de usar e acessível a qualquer pessoa que queira começar nos esportes náuticos, este também é versátil podendo ser usado tanto para passeio, esporte e pesca.
   Este equipamento ou embarcação é o caiaque fechado usado tanto para recreio como para competição e o mais recente que é o caiaque aberto usado para recreio e pesca esportiva. Falei deste úúltimo o qual testei e comprovei ser o mais indicado para ser usado neste projeto.
   Este caiaque já se tornou muito popular no exterior e é amplamente usado por milhares de pescadores e esportistas tanto no mar como em rios e represas iguais aos de nossa região, comprovando que os me4smos podem e fará grande sucesso por aqui também.
   Eu fiz meu teste e pude comprovar isto, adquiri um caiaque aberto e sai tanto para remar como para pescar, confesso que fiquei impressionado com sua estabilidade e segurança pontos importantes quando se trata de estar navegando em uma grade represa, rio ou mar.






   Compartilhei este prazer com outros membro de minha família e posso dizer que todos gostaram muito, o que comprova que este equipamento pode ser usado para recreação e pesca por todos.
 
O caiaque é pratico não só para navegar pois não requer grandes habilidades apenas um pouco de coordenação na hora de remar o que se adquiri logo na primeira vez, depois é só ganhar confiança aos poucos e criar seu próprio estilo.
Para transportá-lo também não precisa nem ter carro, basta ter uma bike que já da para levar seu caiaque até água basta morar perto de um rio ou mar, caso contrário você precisará de um carro com bagageiro e pronto.
Logo falarei mais sobre estas embarcações fantásticas e darei algumas dicas legais para que quer adquiri seu caiaque para recreio dentro do segmento do turismo ou pesca esportiva.
Até mais.
  

Logo falarei mais sobre este equipamento

quarta-feira, 17 de novembro de 2010

ALIMENTANDO-SE BEM

Já pensou em realizar sua pescaria e não abrir mão de se alimentar bem com uma refeição balanceada e nutritiva, e o que é melhor com um gostinho de comida caseira.
Algum tempo atrás eu achei que isto só seria possível levando uma “marmita” com comida da mamãe, isso até eu conhecer a LIOFOODS e sua linha de produtos.
A Liofoods produz alimentos pelo processo de liofilização ou freeze drying, o qual é inovador na área de desidratação de alimentos, mantendo forma, cor, aroma, sabor e nutrientes originais.
Este processo envolve dois métodos de conservação dos produtos biológicos no congelamento e secagem, o melhor é que neste processo não são usados conservantes ou produtos químicos e o controle de umidade é realizado por sublimação.
Este processo, se comparado a outros meios de desidratação, mostra que preserva células, bem como frutas, vegetais, carnes, peixes e alimentos em geral.
Na liofilização, o produto é congelado abaixo de -30°C, e submetido a uma pressão muito baixa (alto vácuo), fazendo com que a água dos alimentos que foi transformada em gelo seja sublimada, ou seja, passará diretamente do estado sólido para o gasoso, resultando num produto final com estrutura porosa livre de umidade. 



Os produtos liofilizados têm suas propriedades originais mantidas – forma, cor, aroma e sabor – e quando conservados adequadamente, mesmo à temperatura ambiente, resistem intactos por muitos anos. Desta forma, obtêm-se produtos da mais alta qualidade, de reconstituição instantânea e que possuem longa vida de prateleira, apesar de a legislação brasileira permitir dois anos de validade.
 Outro efeito importante é a diminuição de peso e volume, além da possibilidade de manusear alimentos que, naturalmente, são perecíveis, sem necessidade de refrigeração, facilitando operações logísticas de armazenamento, transporte e distribuição.



A BERKKA LIOFOODS empresa que produz estes produtos tem como objetivo:
• qualidade dos produtos, desde a seleção da matéria prima, manipulação dos produtos até a distribuição ao cliente.
• variedade de produtos liofilizados, tornando possível ao cliente uma combinação de sabores, cores e nutrientes, a seu gosto e necessidade.
• personalização dos produtos seguindo a necessidade do cliente, como: embalagens com tamanhos individualizados, terceirização de serviços, inserção da logomarca do cliente na embalagem, teste de produtos, variações de granulometria, produtos indisponíveis nos site, etc.
Estas refeições são super praticas de se preparar bastando que o pescador leve em sua embarcação uma garrafa térmica com água quente, que será acrescentada as refeições e em dez minutos já poderá consumir vários cardápios a sua escolha.





O grande barato destas refeições é que não precisam de refrigeração, com isto o pescador pode transportar as embalagens em sua caixa d pesca ou nos compartimentos de sua embarcação ou em uma mochila. Caso venha a esquecer as mesmas nestes locais não haverá problemas pois estas refeições tem um prazo de validade muito longo.
Eu particularmente achei muito prático e o sabor é ótimo, meu filho de 4 anos adorou o sorvete que não precisa ficar na geladeira e não derrete.
Tai mais uma grande novidade que nós da Marcosfisherman experimentamos, aprovamos e indicamos também.
Agora podemos nos alimentar bem, mesmo durante nossas pescarias, e graças a empresas como a Berkka Liofoods que se preocupam com nossa saúde e conforto,e desenvolvem produtos como estes.

 Visitem o site da liofoods e conheçam seus outros produtos e onde encontrá-los


quarta-feira, 10 de novembro de 2010

PROFISSIONAIS DE EVENTOS

                    A pesca esportiva não se limita somente as água dos rios e mares, cada vez mais este segmento tem ganhado espaço no mercado, na prestação de serviços especializados, no turismo, na midia e através de seus grandes eventos.
                    Eventos estes que inglobam várias modalidades entre estas estão; as feiras como Osaka no Japão, os encontros de aficcionados por determinadas modalidades de pesca, competições com destaque para os torneios onde o mais conhecido é o Bass Master Classics.
                    Estes eventos são organizados por profissionias que conhecem muito sobre estes segmentos, dai o motivo do sucesso deles e o grande público que comparecem nos mesmos.
                    Tive a oportunidade de visitar algumas feiras de pesca no Brasil, e de participar de torneios de pesca em vários rios de minha região e de outros estados.
                   Nestas ocasiões pude observar como  expectador e profissional de turismo, como estes eventos são organizados e o cuidado que cada ornganizador teve durante a estruturação de cada um deles. São pequenos detalhes que fazem muita diferença quando se trata de agradar o público.
                   Foi com grande satisfação que recebi um convite para ministrar uma palestra sobre eventos de pesca aos futuros Técnicos em Eventos e Turismo da ETEC de Ilha Solteira.
                   Foi uma experiência extremamente gartificante para mim, pois pude relatar a estes alunos sobre os eventos de pesca os quais e tive o prazer de participar e prestigiar em mais de vinte anos dentro da pesca esportiva.
                   Depois da palestra pude interagir com os alunos responder várias perguntas sobre o tema da palestra e sobre pesca esportiva, equipamentos e modalidades de pesca e sobre turismo de pesca.


                                                       Confiram as fotos da palestra abaixo.    









                    Confiram as fotos da palestra abaixo.    
                    
               
                  

quinta-feira, 4 de novembro de 2010

Conhecer para Preservar

CARTILHA DE PESCA ESPORTIVA

Texto: Marcos A Souza
Desenhos: Claudio Lauro  


Pescar é muito bom, porém também devemos nos preocupar com a preservação são só dos peixes, mas também do meio onde estes e outros animais e vegetais vivem.
Foi com esta preocupação que a Prefeitura de Ilha Solteira me solicitou que fizesse o texto o qual uma vez nas mãos habilidosas do Claudio se transformou nesta bela Cartilha, que mosta aos pescadores, jovens  turista a importância da preservação.
 E como a Pesca Esportiva pode trazer muitos recursos para nosso e outros municípios da região.
Esta cartilha impressa encontra-se a disposição de todos no setor de turismo da Estância Turistica de Ilha Solteira, para solicitar um ou mais exemplares entre em contato com o setor no telefône (018) 3743-6089.










Leve este idéia para sua cidade divulgue a Pesca Esportiva como segmento do turismo autosustentável e ecológicamante correto.
  


Marcos A Souza

sábado, 23 de outubro de 2010

Marcosfisherman na Pesca & Companhia

  A revista Pesca & Companhia nº 190 de outubro de 2010, traz uma martéria de Rafael Peres Kassapian nesta o reporter destaca o trabalho de profissionais em diversas áreas da pesca esportiva no Brasil.
  Nós estamos nesta matéria representados por nosso técnico em turismo Marcos Antonio de Souza, nela falamos sobre a importancia de se prestar bons serviços turisticos neste segmento e que a profissionalização dos guias e dos donos de pousadas é um dos muito passos para o sucesso neste novo e promissor segmento do turismo mundial.
Confiram as fotos da materia e se quiserem ver os detalhes da materia, adquiram a revista vale a pena pois tem muitas outras materias interessantes e vários artigos legais.






domingo, 19 de setembro de 2010

Novos Governos e a Pesca Esportiva

                   Prezados Amigos, Pescadores Espotivos e Profissionais de Turismo


     Logo teremos novos governantes em nosso país, pessoas que irão criar leis e normas para tentar tornar nossa vida e o Brasil melhor do que já é.
    Esperamos que desta vez e estes que vão entrar possam se esforçar mais e apresentarem proposta que realmente beneficiem a maioria dos brasileiros, que deixem seus interesses próprios de lado e priorizem o social, segurança e a saúde tão deblitada atualmente.
    Que façam o que puder para que haja mais igualdade de classes, e que a corrupção tão constante como nos governos anteriores não esteja presente neste, e que a ética prevaleça mais.
    Esperamos que nosso país tão lindo e cheio de riquezas naturas seja mais valorizado, divulgado e o que é mais importante preservado por aqueles que exploram estes recursos naturais e os que nos visitam.
    Enfim esperamos que façam a coisa certa desta vez.

    Também quermos que a Pesca Esportiva seja valorizada como um segmento do turismo auto-sustentável e que vem  e pode trazer muitos beneficios ao país todo, desde que seja feita da forma certa e por profissionais não por amadores. 
    
               Só esperamos e queremos isto.


Marcos A Souza

     

sábado, 14 de agosto de 2010

EVENTOS DE PESCA

EXPOPESCA 2010




A Paiaguás Promoções promoveu em São José do Rio Preto-SP, a 1ª edição da feira que foi realizada de 11 a 15 de agosto no estacionamento do Riopreto Shopping Center.
Nossa equipe este lá para conferir.



A feira reuniu grandes empresas do segmento de dos setores de pesca, náutica, turismo e lazer, estas empresas trouxeram para feira as novidades que estão e que estarão disponíveis aos consumidores neste e no próximo ano.
Segundo o que nos foi informado, a EXPOPESCA se constitui como um canal de grande relevância para a prospecção de novos negócios, proporcionando a integração entre as empresas e os profissionais da indústria e do varejo obtendo resultados excepcionais que fomentam a indústria e o comercio, trazendo sustentabilidade às empresas e serviços ligados a pesca e turismo.



A feira teve outras atrações como à apresentação de grandes ícones da pesca esportiva foram eles; Nelson Nakamura e Epitácio Marques, eles mostraram suas habilidades no manuseio de equipamentos de arremesso (casting e fly) e como pescar corretamente com diversos tipos de iscas artificiais.
Visitamos muitos estandes e conversamos com os empresários que estavam animados com sua participação neste evento, entre estes destacamos:


R&R Náutica que comercializa Jet ski, lanchas, quadriciculos, e representa a Metalglass.

Art Copos que confecciona porta latas térmico, porta lápis e brindes personalizados esta também representam marcas como Petersen Narciso Pesca, Varas Word e a Horse Power.

Varas para pesca 2 Belinas

Mizunáutica representante e revendedora dos barcos Quest os desejados Bass Boats, sonho de muitos pescadores esportivos

Mestre Náutico a qual representa as marcas Evinrude, Can-am, Sea-Doo

Castro Sport representante da Levefort e Yamaha

Lambari Sport Center venda de equipamentos de pesca em geral

Luky Moldes fabricante das iscas artificiais as quais são assinadas e utilizadas pelo grande pescador Nelson Nakamura

Tubarão Center grande loja de equipamentos de pesca e também proprietária da marca Raju Produtos Esportivos

Rioáguas Despachos Navais esta empresa imite e regulariza documentos náuticos e vende barcos e motores


                                     

No setor de turismo destacamos;

Secretaria de Mato Grosso que mostrou as belezas de seu estado e seu grande potencial para prática da Pesca esportiva.

Pousada Portal da Amazônia que possui uma excelente estrutura de pesca no Rio Tele Pires e o que é melhor com grandes peixes.

Pedrinho Pesca agência de turismo especializada em pacotes de pesca, com roteiros para Argentina, Bacia Amazônica, Rio Araguaia-GO e Pesca Oceânica em Natal-RN


Durante o evento também foram realizados cursos de Arrais Amador, o que proporcionou aos proprietários de embarcações a oportunidade se regularizarem ou obterem o documento necessário para condução de embarcações.
Também conversamos com representantes de órgãos governamentais ligados a pesca que estavam visitando a feira e fazendo contatos, entre estes estavam:

Carlos Alexandre Gomes de Alencar diretor do Ministério da Pesca e Aqüicultura e Eduardo Makoto Onaka pesquisador Cientifico da Secretaria de agricultura e Abastecimento ligada a Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios.
A presença destes representantes na feira demonstra a importância destes eventos para o crescimento e fortalecimento da Pesca Esportiva, não só como atividade de esporte, lazer e turismo como também no cenário comercial brasileiro e mundial.
Portanto é essencial que estes eventos aconteçam com mais freqüência e que a exemplo deste sejam bem organizados por empresas como a Paiaguás Promoções, que já realiza este mesmo evento em Goiânia a mais de 12 anos com muito sucesso e ao qual também se consolidará em São José do Rio Preto.




Marcos A. Souza